Bandeiras

Série, 1957 – 1957

  • Objectos Digitais
  • Ver em ecrã completo

  • Descrição
    • Identificador 293441
    • Código parcial 1084
    • Arquivo
    • Produtor
    • História administrativa

      .



      Em mil novecentos e cinquenta e sete, estando já muito danificada a bandeira original, D. Maria Olinda da Rocha Domingues Ferreira, à data com vinte e um anos, faz então a pedido de seu pai, Sr. Onofre Domingues Ferreira, uma segunda versão da bandeira. Esta nova bandeira, pintada à mão, em óleo sobre tafetá, mede setenta e seis centímetros de altura e um metro e seis centímetros de largura. Atualmente, está encaixilhada em exposição permanente na sede do Rancho Regional de Gulpilhares. Foi executada a partir da primeira e original, definida na primeira reunião do Rancho Regional de Gulpilhares, conforme consta na ata datada de vinte e sete de dezembro de mil novecentos e trinta seis, dia da fundação e inauguração do Rancho Regional de Gulpilhares. Ficaram assim definidos os requisitos: (…)“3º Que terá uma bandeira em seda, as suas cores serão centro branco circulada com uma barra vermelha, tendo a um canto ou onde melhor se estudar a Capela do Senhor da Pedra.”(…). Assim foi executada a primeira bandeira que já figurava na primeira foto do grupo datada de 1937. A autora da segunda bandeira, nascida a nove de junho de mil novecentos e trinta e seis, ano do surgimento do Rancho Regional de Gulpilhares, fez parte ativa do grupo durante toda a sua infância e juventude, desempenhando variadas funções, entre as quais a de porta-bandeira. Em janeiro de dois mil e dezassete, colaborou com o Arquivo Municipal Sophia Mello Breyner na cedência de diversos documentos do seu arquivo pessoal, bem como de outros documentos do arquivo pessoal que herdou de seu pai, todos relacionados com a história do Rancho Regional de Gulpilhares. Não menos importante foi a colaboração prestada com a partilha das suas memórias, dando assim um testemunho vivo que muito enriqueceu a compreensão do fenómeno da criação e dinâmica daquela coletividade.


  • Subordinados